Sobre a Humildade

mascara-que-caiHoje apeteceu-me escrever sobre a Humildade.

Será que o simples facto de escrever acerca deste valor me torna Humilde? Ou pelo contrário? Me exponho à arrogância de achar que sou humilde? De nada me vale escrever e falar sobre humildade, se não o demonstrar por atitudes, por actos, por relações, por compaixão, que realmente o sou…

Vergílio Ferreira tem uma frase excelente que passo a citar:

“Não será difícil ser humilde quando se é grande. Difícil é ser humilde quando se é medíocre.”

Identifico estas frases em atitudes de muita gente, que diz que o outro tem de ser humilde e que se não é humilde é porque é arrogante. Talvez me venha à ideia que existe aqui uma lacuna de linguagem e por isso, não se sabendo expressar, é talvez a única forma de identificar atitudes.

Monges budistas são humildes e têm mau feitio. Têm casmurrices e resmunguices. Não têm pés de barro.

Como se pode julgar que alguém não é humilde? Com que bases? Com que evidências? Através do nosso padrão de conhecimento? E quem diz que é este que está certo? Quem diz que não é o nosso próprio ego que nos bloqueia a percepção e nos condiciona o entendimento? Quem diz que não é arrogância afirmar que alguém não é humilde quando esse alguém demonstra provas do contrário para uns mas não o faz para outros? Talvez seja outra coisa a que se possa atribuir outro nome. Ocorre-me a mim que seja talvez preconceito. Colocar a alguém um rótulo de “se não é humilde logo é arrogante” é, em si, uma atitude bastante arrogante pois se baseia no preconceito de que essa pessoa tem atitudes que encaixam no perfil e seguem os critérios de ser arrogante. Quem somos nós para julgar?

A minha visão sobre a humildade é a de que ela é a característica que leva as pessoas a realizarem uma acção sem proclamar os seus resultados. Vamos supor, por exemplo, que um alguém é um excelente jogador de futebol e que é humilde. Este não se apresenta aos outros na qualidade de “grande jogador” nem como sendo “o jogador que marca sempre golos e tem grande talento”.

Ser humilde não é eu dizer que eu trabalho bem, que eu sou bom nisto ou naquilo, que aquilo que eu faço é que está certo ou que é o melhor. Ser humilde é ter empatia. É fazer o que se faz melhor e esperar que os outros reconheçam que o fizemos bem. Ser humilde é silenciar-se sobre os nossos feitos. Ser humilde é respeitar os outros e ajudá-los a crescer. Ser humilde é partilhar aquilo que eu sei em prol do outro.

Não existe um valor ou uma característica contrária à humildade, na minha opinião.

Ser humilde também não quer dizer ter de se rebaixar para as outras pessoas, mas sim reconhecer e admitir suas falhas. Todos temos alturas em que somos humildes, se não julgamos os outros, e em que somos arrogantes, se julgamos os outros. Em que somos preconceituosos, se definimos alguma pessoa com desconhecimento pejorativo da mesma. Existem pessoas que sendo prepotentes, classificam as outras como arrogantes, pois usando de uma posição de poder, sofrem de um medo de inferioridade latente e acabam por ser altivas e autoritárias, com receio de perda de protagonismo.

Agora eu, tendo a sensação de ser humilde, não penso muito nisso pois sei que, se eu sou humilde, isso irá revelar-se naquilo que faço e naquilo que digo.

Já agora acho que vale a pena pensar nisso…

Anúncios

Um pensamento em “Sobre a Humildade”

  1. pessoas podem ser humildes em algumas situacoes e em outras nao, como no exemplo do futebol ,dado acima, em jogo pode ser humilde mas na sua vida n externo deste mundo do futebol ele e um grande egoista…

    no judaismo e ensinado q se deve ser humilde a ponto de vestimentas simples e sempre desejas o bem do outro mesmo o odiando isso reflete ate mesmo em se alguem conhecido esta se casando e os convidados, por qualquer motivo, nao compareceram, e convocada entao uma frota de jovens religiosos para que possao animar e fazer com que este casamento seja o momento mais feliz para o casal e convidados q compareceram,,,

    cada pessoa tem seu criterio de humildade e com isso vem uma outra nocao importante que e o de respeitar o criterio e a forma de pensar e agir do seu proximo

Deixar um comentário

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s