Mortais

As minhas vestes...
Às vezes… Muitas mais vezes do que gostaria, dou por mim a pensar em vidas… Não em vidas de revistas cor-de-rosa porque essas me parecem infelizmente todas iguais mas em vidas dos “comuns dos mortais”! Na necessidade imperiosa de passar pelos dias…
No frenesim desenfreado de chegar a onde for, da maneira que for… Seja lá como for… Na vontade titânica de atropelar o outro e fazê-lo sentir o mais infeliz dos seres humanos à face da Terra e já agora arredores… Bichinho esquisito que somos, que nos tornamos… ambicionamos…
Muito difícil colocar as pessoas nas suas vidas! Nunca sabemos ao certo qual a vida que lhes pertence porque de segundo a segundo existe a campaínha estridente que toca e todos mudam de papel, disfarçando cenários e trocando de imediato de guarda roupa…
Quanto a mim estou perfeitamente satisfeita com a indumentária que escolhi… Vontades, escolhas, força de vontade imensa, honestidade, verdades e muito amor para dar… E no segundo que toque a campaínha, agarrar-me-ei às minhas vestes porque não as troco por nenhum guarda roupa luminoso e fantasista…
Carla Vasques
Anúncios

Deixar um comentário

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s